Biografia

 

Bruno M mostrou desde pequeno o seu apreço pelo rap.

 

O M provém de mágico, nome que os kuduristas lhe apelidaram por Bruno M conseguir produzir instrumentais para o kuduro que pareciam mágicos.

 

Em 2004, juntamente com os seus amigos do bairro formou um grupo, os Alameda Squad. Na altura, tornaram-se muito polémicos na altura por terem sido presos na Cadeia Central de Luanda, devido a práticas marginais na rua. Durante os dias que esteve preso começou a escrever os seus primeiros versos. Quando saiu da cadeia, Bruno conseguiu concluir a sua primeira letra “Não respeita, né?”. Muitos não perceberam a nova tendência que Bruno queria trazer ao kuduro, mas mais tarde, “Não respeita, né?”, tornou-se uma influência para todos os cantores e dançarinos de kuduro.

 

Assim, em 2005 Bruno lança “ I am” e a partir daí começa a ver o kuduro como uma forma livre de expressão individual e de enaltecimento, de forma a comprovar aos outros que os jovens eram melhor do que pensavam. Foi assim, que ainda em 2005 criou a música “1 para 2”, que fez com que a partir de então todos os kuduros pudessem ter para além de uma batida que inspirasse vontade de dançar, também um conteúdo educativo e informativo.

 

Dia três de Fevereiro de 2008 foi a data escolhida para o lançamento do seu primeiro álbum, “Batida única”, que contou com 14 mil cópias à venda. Disco este que tornou-se no padrão base para fazer kuduro até aos dias de hoje.

 

Hoje, Bruno M encontra-se a terminar a licenciatura em direito na Universidade Independente de Angola e ao mesmo tempo anda a produzir o seu próximo álbum, onde pretende misturar acústico com electrónico

 

 

Videoclips





Todas as Videos

 

Galeria



Todas as Fotos

© copyright AFRO MUSIC CHANNEL 2012. Todos os direitos Reservados

AFRO MUSIC CHANNEL - Forum Business Center, C/ Capitán Haya 1 - Planta 15, Edificio Eurocentro Empresarial, 28020 Madrid, Espanha - 0034 91 418 4341 www.afro-music.com administracao@afro-music.com

Parceiros / Clientes